Maria Thereza do Amaral

Posts Tagged ‘realidade’

Antes você já sabia sonhar…

In E... on 1 de agosto de 2009 at 23:13

.

Antes você voava alto e via de perto as nuvens no céu,

Ia e vinha num estado constante de sonho,

O que lhe valia constantes reprovações.

.

Antes você achava que o azul do céu não tinha fim,

Que ia, ia e ia, até chegar além das estrelas,

O que lhe trazia uma constante vontade de ir além, e além, e muito longe,

Mas se deixava ficar.

.

Antes você olhava o mar e ia e vinha com as ondas,

O barulho a levava até o fundo e voltava,

E você ia, ia, ia… mas se obrigava a voltar.

.

Antes tudo sumia e aparecia quando você desejava,

A obrigação de ser ‘normal’, ‘média’, ‘padronizada’ a mantinha no real,

Pelo menos em corpo.

.

Mas a maioria das coisas e situações não fazia muito sentido.

.

Acabou.

.

Anúncios

De que material é feita a realidade?

In E... on 27 de maio de 2009 at 2:04

.

De que material é feita a realidade? Por que eu sei de que material são feitos os sonhos…

Mas desconheço como a realidade se articula, como ela forma esta densidade que chamamos de real, como ela convence a todos e a si mesma que está acontecendo, quando nada prova que não vivemos o sonho…

Como a realidade se sustenta, nos convencendo que o sonho só vem quando dormimos ?

E no entanto a realidade maior acontece na dimensão em que os sonhos são realidade.

Então o que deveríamos fazer, viver a realidade ou sonhar?

Ou será que o bem viver está justamente no equilíbrio do sonho e do não-sonho?

Na harmonia do sonhar-realizar, viver (acordado)-sonhar (ao dormir), no flutuar ao céu e no aterrizar na terra-Terra?

E construirmos essa tal dimensão onde os sonhos se tornam realidade?

.

Em um dia…

In E... on 17 de abril de 2009 at 23:38

Em um dia ensolarado,

Azul

Amarelo

Quase branco em seu brilho

Eu fujo da realidade e busco onde estaria o que quero

Quero você

Para ontem

Em todas as dimensões

Em todos pequeninos nichos de realidade que eu possa ver

Em todos profundos espaços dentro de mim que precisam de você

.

Em um dia nublado

Cinza

Branco

Quase opaco em seu recolhimento

Eu procuro a realidade onde você está

Como se eu não soubesse que minha principal realidade é você

Como se eu não soubesse que a sensação de estar inteira eu só tenho ao seu lado

.

Em um dia chuvoso

Azul

Prata

Quase líquido ao seu redor

Eu me sinto nadando em você

Mas parece que eu nado nas profundezas

Águas azul escuro, não consigo vê-lo

.

Em um dia de frio

Cinza chumbo

Prata

Quase translúcido no vento cortante

Eu me recolho e fico desejando você comigo

Olhe para a porta e fico esperando você chegar

E você não vem

.

Em um dia claro

Com o sol atravessando toda a minha realidade

Dourado

Brilhante

Você vem

E eu sinto como se tudo tivesse valido a pena

O sofrimento

A solidão

Eu me sentir em partes

E eu sei que você nunca mais irá embora.

E nem eu irei.

.

%d blogueiros gostam disto: