Maria Thereza do Amaral

Ainda vou…

In Foi... on 25 de fevereiro de 2009 at 2:10

.

Com o coração mais longe do que minha mente, olho pela janela do meu apartamento.

Dia chuvoso, manhã esquisita, igual a tantos outros dias, mas diferente pelo nível de tédio que estou sentindo. Vou me juntar ao resto da humanidade. Vou até o térreo do meu prédio, isso vai me render pelo menos um café bem tirado.

Desço, mas não paro. Vou andando pelo bairro, observando as pessoas, observando as lojas, as ruas.


Entro em uma papelaria e vou a minha adolescência. Eu sempre gostei muito de papelarias, passava muito tempo nelas. Em uma delas conheci Celeste. Mundo pequeno, cidade pequena, interesses comuns. Já a conhecia de vista, porém nunca conversamos. Por coincidência, se é que elas existem na dimensão por onde orbito, estávamos no mesmo local, na mesma hora, olhando as mesmas coisas.

Ficamos conversando por horas. E dias. E anos.

As conversas com Celeste me marcam os anos.
As brigas e as reconciliações, os nascimentos e as mortes, os gostos e os desgostos, as aproximações e os afastamentos.
E através disso filtro minha vida, meus anos, o que eu sou.

Saio da papelaria e continuo andando pelo bairro.
Vejo como eu ando, vejo como eu sinto. Para isso me sirvo das minhas caminhadas. Os pés vão indo a qualquer lugar que eu queira, enquanto meus olhos se divertem olhando em volta e para dentro de mim.

Slow motion, fast mind.

Quando percebo, estou de novo em frente ao meu prédio. E me sento no café, peço um café e degusto meu café. Calculo que isso seja um prêmio. Por ir tão longe.

Sinto meu celular tocando, vejo o número, atendo:
– Estou saindo na livraria agora, você ainda quer aquele livro que me pediu ontem?
– Quero, Celeste. Mas o de capa dura, não o brochura.
– Tudo bem. Em meia hora e eu e as crianças estaremos em casa.
– Ok.

Quais as viagens que valem à pena, afinal de contas, penso eu enquanto finalizo meu café e me preparo para subir as escadas.

Provavelmente aquelas que surgem do nada, em uma descolorida manhã cinzenta.

.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: